Que amor é esse?

Imagem

Tudo que vem rápido, vai rápido, dizia o meu pai. Mas algumas coisas por mais avassaladoras que sejam, demoram a passar.

Já não posso mais contar quantas vezes suspirei achando que a vida levaria alguma dor rápido, só por saber que ela dói.

Não sei se é por ter passado os últimos dias assistindo todas as comédias românticas disponíveis, se é por ter me arriscado mais uma vez.

Mas tenho acreditado bem menos nessa vertente chamada amor.

Nesse sorriso descompassado, nessa vontade imensa de ter o sentimento retribuído.

Que amor é esse que faz você se sentir mais perdido do que amado, que não passa nem pelo outono, quem dirá ser capaz de brindar o temido inverno?

Não é amor quando o medo recobre as ações, quando a ausência se torna presente e quando seu sorriso já não aparece mais.

Amor mesmo, desses que fazem a vida valer a pena está demorando a surgir, enquanto espero, acumulo expectativas, lembranças e uma súbita esperança de poder sentir.

E se for pela espera, tende a demorar a passar. Tende a nunca deixar de ser.

Anúncios